Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Áreas de Interesse

​​​​​Áreas de Interesse

O Grupo Energisa elencou, de forma preliminar e não definitiva, áreas de conhecimento de seu interesse nas quais os projetos de P&D podem atuar de maneira efetiva:

Caio Viudes dos Santos (10).jpg energ_44.jpg

1. PLANEJAMENTO E ESTUDOS DE MERCADO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO

1.1. Influência do acesso de terceiros às redes e linhas de distribuição e transmissão.
1.2. Soluções para identificação da conexão de autoprodutores e produtores independentes na rede de distribuição (identificação de impactos e soluções para impedir a entrada destes sem autorização da concessionária).
1.3. Critérios, ferramentas e metodologias para a elaboração do planejamento do sistema elétrico de distribuição.
1.4. Critérios, ferramentas e metodologias para a elaboração de estudos de mercado.

2. PROJETO E PADRÕES DE MONTAGEM DE REDES, LINHAS E SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO ATÉ 138 kV

2.1. Furto de Ativos: Soluções Técnicas que viabilizem a detecção e o monitoramento dos ativos de transmissão.
2.2. Aplicação de tecnologias de materiais e equipamentos: ganhos de qualidade e economicidade nos projetos e segurança das instalações.
2.3. Padrões e configurações de redes, linhas e subestações com o objetivo de aumentar vida útil dos componentes do setor elétrico, minimizar perdas técnicas, minimizar custos de manutenção, melhorar padrões de segurança para manobras, melhorar monitoramento pró-ativo da qualidade da energia transmitida.
2.4. Critérios de projeto de linhas, redes e subestações.
2.5. Soluções de compartilhamento de espaços para subestações.
2.6. Soluções de compartilhamento de infraestrutura: postes, torres, dutos, fibras óticas, subestações, etc.
2.7. Sistemas de aterramento.
2.8. Padrões de entrada de consumidores.

3. CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES, LINHAS E SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO ATÉ 138 kV

3.1. Aplicação de tecnologias de ferramentas, materiais e equipamentos de trabalho: ganhos de rentabilidade, qualidade, segurança e produtividade.
3.2. Soluções para avaliação e fiscalização de obras executadas por empreiteiras.
3.3. Utilização de técnicas de "linha viva", propondo soluções que permitam a continuidade dos serviços de distribuição de energia e melhorem a segurança, produtividade e qualidade das manobras.

Equipe_Rua (102).jpg Equipe_Rua (131).jpg

4. OPERAÇÃO, PROTEÇÃO, CONTROLE, TELECOMUNICAÇÕES E AUTOMAÇÃO DE SUBESTAÇÕES, LINHAS E REDES ATÉ 138 kV

4.1. Aplicação de tecnologias de equipamentos de medição, proteção e manobra.
4.2. Gerenciamento de redes e linhas de distribuição, subestações e COD's: sistemas, modelos e softwares.
4.3. Automação: sistemas, "softwares", protocolos de comunicação.
4.4. Proposta do uso eficiente dos sistemas de telecomunicações utilizados em redes e subestações.
4.5. Proposta de soluções para garantir alta disponibilidade dos sistemas de telecomunicações utilizados em redes e subestações.
4.6. Sistema de rádios digitais, fibras óticas, rádios troncalizados e VHF.
4.7. Comunicação com viaturas via terminais de dados.
4.8. Sistemas de monitoramento meteorológico, previsão de chuvas e localização de descargas atmosféricas para atuar de forma pró-ativa em catástrofes potenciais.
4.9. Proteção contra sobre tensões devidas a descargas atmosféricas ou variações climáticas.

5. QUALIDADE DA ENERGIA ELÉTRICA

5.1. Soluções que viabilizem o controle da qualidade da energia elétrica: tensão, frequência e perturbações.
5.2. Soluções que viabilizem o controle da qualidade do serviço: continuidade, falha e confiabilidade.
5.3. Soluções que melhor caracterizem a responsabilidade por danos elétricos.
5.4. Soluções que viabilizem a melhoria do fator de potência e redução de harmônicos e seus impactos no sistema elétrico de distribuição.

6. GEOPROCESSAMENTO, IMAGEM PARA BANCO DE DADOS E INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS

6.1. Soluções envolvendo dispositivos para geoprocessamento nas atividades de projeto, construção, operação e manutenção do sistema elétrico de distribuição.

7. PERDAS TÉCNICAS

8. MEDIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

8.1. Tecnologias: tele-medição, medição agrupada, pré-venda, limitadores de demanda.
8.2. Soluções para medição instalada fora dos limites de propriedade da unidade consumidora.
8.3. Soluções para medição em subestações.
8.4. Soluções para controle do consumo por parte das unidades consumidoras.
8.5. Soluções para medição de fronteira.
8.6. Influência das distorções harmônicas na medição e faturamento de energia.

9. PERDAS NÃO TÉCNICAS

9.1. Soluções para melhoria no direcionamento da fiscalização e inspeção de Unidades Consumidoras.
9.2. Soluções que minimizem perdas geradas nos processos comerciais, leitura e faturamento.
9.3. Tecnologia para combate às perdas.
9.4. Solução para detecção de fraudes nos medidores, no ramal e na rede (fraudadores e clandestinos).

10. ATENDIMENTO A CLIENTES

10.1. Soluções que viabilizem melhorias de produtividade e qualidade nas ações de corte, religação e cobrança.

11. ASPECTOS AMBIENTAIS E SUSTENTABILIDADE

11.1. Projetos para gestão de resíduos.
11.2. Soluções para compatibilização entre redes de distribuição e meio ambiente.