Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Notícia

Energisa entrega à Aneel plano de investimento e recuperação do Grupo Rede

A Energisa entregou hoje à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) o plano de recuperação para o Grupo Rede, cumprindo o prazo previsto pela agência.  O documento traz um amplo e detalhado diagnóstico sobre as empresas que integram o Rede e apresenta soluções robustas e sustentáveis para o negócio.

"Estamos confiantes de que as nossas propostas trazem uma solução sadia e rápida para a recuperação das empresas. Temos confiança na avaliação da Aneel a respeito do plano que apresentamos. Nosso objetivo é iniciar o processo de integração destas empresas à Energisa o quanto antes para equacionarmos os principais problemas", explica o diretor-presidente do Grupo Energisa, Ricardo Botelho.

A Energisa está plenamente preparada para aquisição do Rede, com estrutura financeira para implementar o plano de recuperação para as empresas do grupo, previsto pela Aneel, e para realizar os investimentos necessários nas distribuidoras. Além de manter sólida posição em caixa, a empresa dispõe de linhas de crédito de longo prazo e suporte de acionistas para realizar o investimento. 

Por meio da mobilização de uma equipe de 60 pessoas, que reuniu especialistas e consultores, a companhia trabalhou por mais de dois meses na elaboração do plano de investimento e recuperação apresentado à Aneel. O plano tem como objetivo colocar as distribuidoras do Rede no mesmo nível de excelência operacional das atuais empresas do Grupo Energisa. "Estamos muito envolvidos em promover uma verdadeira revolução em termos de recuperação destas empresas e colocá-las no patamar de excelência das nossas distribuidoras", afirma.

O plano de recuperação judicial do Rede, apresentado pela companhia na Assembleia de Credores realizada em julho, foi aprovado no início de setembro pela 2ª Vara de Falências de São Paulo. Além da aprovação pela Aneel, o plano passará ainda pela aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A proposta da Energisa foi aprovada por 100% dos credores da classe II, num total de R$ 712.519.668,30 com garantia real e por 66,34% dos credores da classe III, num total de R$ 2.080.604.151,31. Na total, o plano alcançou 74,93% dos créditos favoráveis. 

A mudança do perfil da dívida do Grupo Rede, de R$ 6 bilhões, será uma das prioridades quando a companhia se tornar oficialmente controladora do Grupo Rede, bem como a injeção de recursos nas distribuidoras para melhorar a performance operacional e financeira. "Queremos iniciar esse processo o quanto antes. Isso é vital para as empresas", destaca Botelho.

O Grupo Rede tem oito distribuidoras (Caiuá, Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins, Cia de Força e Luz do Oeste, Companhia Nacional de Energia Elétrica, Empresa de Distribuição de Energia do Vale Paranapanema, Empresa Elétrica Bragantina., Centrais Elétricas Matogrossenses e Empresa Energética do Mato Grosso do Sul), num total de 3,3 milhões de consumidores divididos entre os estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Mato Grosso. Em 2012, o Rede faturou R$ 7,2 bilhões. O grupo possui também uma geradora, a Tangará Energia, com capacidade instalada de 120 MW.


Mais sobre a Energisa 

O Grupo Energisa atua no setor elétrico há 108 anos, com o mesmo grupo de controle e foco na distribuição de energia elétrica. No total, são cinco distribuidoras (Energisa Minas Gerais, Energisa Nova Friburgo, Energisa Paraíba, Energisa Borborema e Energisa Sergipe). Em 1996, a companhia tinha 214 mil consumidores. Por meio de diferentes aquisições entre os anos de 1997 e 2001, chegou ao número atual de quase 2,5 milhões de consumidores, recuperando empresas estatais em situação precária e transformando-as em distribuidoras eficientes e lucrativas. 

Hoje, as distribuidoras do grupo atendem a uma população de cerca de 6 milhões de habitantes em 352 municípios. Somente no estado da Paraíba, a Energisa atende mais de 1,4 milhão de clientes. Mais de 5,5 mil colaboradores diretos e indiretos fazem parte do Grupo. Ao longo dos anos, diversificou as operações e, hoje, a companhia atua também nas áreas de Geração (Energisa Geração), Comercialização (Energisa Comercializadora)  e Serviços (Energisa Soluções). 

O Grupo Energisa tem como prioridade a qualidade dos serviços prestados pelas suas distribuidoras. Como resultado, as empresas do Grupo estão hoje entre as melhores do país em relação aos indicadores que avaliam os serviços oferecidos à população. Em julho deste ano, por exemplo, a Energisa Paraíba foi a grande vencedora em três categorias do Prêmio Abradee (Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica): Qualidade da Gestão, Gestão Econômico-Financeira e Evolução do Desempenho.

Compartilhe nas redes sociais