Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Notícia

Horário de verão promove a economia de energia elétrica

Começou às 00h da última madrugada de sábado para domingo, 15 de outubro, mais uma edição do horário de verão brasileiro. Até o dia 19 de fevereiro de 2017, moradores de estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem adiantar seus relógios em uma hora.

Em alguns lugares do Brasil, o horário de verão faz com que os dias duram mais que as noites, o que permite aproveitar ainda mais a luz natural gerando a redução do consumo de energia, principalmente entre às 18h e 21h, caracterizado como o horário de pico.

Segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), o horário de verão representa uma redução da demanda, em média, de 4,5% nos meses de aplicação. Além disso, aumenta a confiabilidade do sistema elétrico, uma vez que o carregamento das redes de distribuição acaba não ficando concentrado no mesmo horário.

Independente da mudança de horário de verão é imprescindível se atentar ao uso eficiente de energia elétrica. As regras são as mesmas:


- Ligue o ar- condicionado só quando for realmente necessário e mantenha o ambiente fechado quando o aparelho estiver ligado;​

- Limpe os filtros do ar- condicionado periodicamente, pois sujos eles impedem a circulação livre de ar, acarretando maior consumo de energia;

- Acumule o máximo de roupas possíveis para ligar o ferro elétrico;

- Evite abrir a geladeira toda hora. O ar quente do verão entra no eletrodoméstico e faz o motor funcionar mais para manter os alimentos resfriados;

- Prefira os equipamentos com o Selo Procel, que indica quais os modelos que menos consomem energia;

- Evite deixar aparelhos eletrônicos em standy-by, que mesmo desligados consomem energia;

- Prefira lâmpadas do tipo LED ou fluorescente, que são mais econômicas;

- Os ventiladores de pé são mais econômicos que os de teto, podendo reduzir em até 13,2 kWh o consumo de energia ao mês;

- Evite utilizar equipamentos que consomem mais energia, como chuveiro elétrico, nos horários de pico;

- Aproveite as altas temperaturas e regule o chuveiro na posição verão, o que reduz em cerca de 30% em relação à posição inverno. Além disso, evite banhos longos;

- Desligue os equipamentos eletrônicos quando não estiverem em uso.

 

Compartilhe nas redes sociais